terça-feira, 30 de maio de 2017

Obsessão doentia: João Dória acorda pensando em Lula, passa o dia falando de Lula e dorme sonhando com Lula

Cristão novo no ninho Tucano, o populista Dória esta mesmo se achando, sem empolgar nas pesquisas como gostaria, ele esta satisfeito por ser o nome Tucano melhor avaliado pelos institutos, mas perdendo até mesmo para Jair Bolsonaro, o Prefeito de São Paulo acredita que se for ele o candidato ao Planalto terá que superar o fenômeno Luiz Inácio Lula da Silva, e até por isso, acorda pensando em Lula, passa o dia falando de Lula e vai dormir sonhando com Lula. 

Ao defender as prévias, Dória coloca em lados opostos quem foi citado em escândalos de corrupção e quem não foi, acreditando que suas ações midiáticas podem superar gestores como Geraldo Alkimin, Beto Richa ou Marconi Perillo. 
 
O prefeito de São Paulo, João Doria, já deu sinais mais claros de que vai apunhalar seus padrinhos políticos, Geraldo Alckmin e Marconi Perillo, na corrida tucana para subir a rampa do Palácio do Planalto em 2018. 

Recentemente em evento em Nova York, Doria mudou o discurso, mesmo estando na presença do Governador de São Paulo, ao invés de defender a candidatura dele como sempre faz desde que assumiu a Prefeitura da capital paulista, Dória se disse favorável à realização de prévias entre os tucanos e falou que o candidato da legenda será aquele com melhor melhores condições no momento: "O PSDB não vai fugir dessa missão. Será candidato do PSDB aquele que tiver melhor posição perante a opinião pública. Aquele que representa o interesse popular", afirmou sem mostrar nenhum receio em relação a Geraldo Alkimin.

Arquivo do blog

Seguidores