quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Greve dos professores, bancários e dos correios já são eventos certos no calendário nacional

Tão certo quanto é o natal, a greve dos bancários
também é um evento certo no calendário do Brasil
Agência Brasil

São Paulo - Em adesão à greve nacional dos bancários, iniciada hoje ( 19) por tempo indeterminado, os trabalhadores de várias agências da região central e de alguns bairros da capital paulista cruzaram os braços.O levantamento do número de agências paradas só deve ser divulgado no final da tarde pelo sindicato da categoria que representa além da capital paulista, o município de Osasco e região, somando 16 cidades, onde concentram-se 140 mil do total de 500 mil bancários do país. Em todo o estado de São Paulo existem em torno de 200 mil bancários.

Embora muitas agências, principalmente, da região central tenham exibido as faixas com os dizeres Estamos em Greve, os clientes conseguiam ser atendidos por meio de operações feitas nos terminais eletrônicos. Os bancários que têm data-base em setembro reivindicam 11,93% de reajuste salarial ante uma oferta patronal de 6,1%. Eles também querem aumento na Participação de Lucros e Resultados (PLR) e outras melhorias econômicas.
A presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Juvandia Moreira, informou que a taxa da PLR era de 12%, quando começou a ser distribuída, em 1995 e, hoje, caiu para 7%.
Leia mais: Bancários de São Paulo aderem à greve nacional da categoria | Agência Brasil

Arquivo do blog

Seguidores